Foi mais ou menos há um ano atrás que a passarinho voou até Vila do Conde para correr entre portas e rasgar bilhetinhos das curtas. Foi há um ano atrás, mais ou menos, que a passarinho se tornou um pouquinho mais feliz, e mais um pouquinho, e depois ainda mais um pouquinho maior... mas isso já nada tem a ver com o festival. Diz-se que este ano a passarinho volta para lá, desta vez mais morrida, com a felicidade congelada, mas com um piar, sempre para quem lhe agradar. Aprendeu que as boleias quando são fatais são para serem bem medidas, e nunca subestimadas, por isso este ano não procura por elas, nem oferece nenhuma. Com isto já sabes, não se oferecem bilhetes também porque lá só me permitem vender. Mas há um espaço VIP para abracinhos, beijinhos e sorrisos. Uns dizem que vale a pena, eu acho que devias acreditar neles que são boas gentes. Aceitam-se prendinhas com atraso também, que eu perdoo sempre os atrasos.

a 23.6.10
Etiquetas: , ,

 

0 comentários: