O que eu queria mesmo era não sentir as coisas como se me dessem um murro de punho fechado no peito. Pensas que não, mas dói mais que o levares efectivamente com um murro no peito. As pisaduras internas custam sempre mais a passar. E as de superficie, até que são bonitas.
Sentir tudo intensamente é o que faz as pessoas morrer aos bocadinhos. Se é para morrer que seja a sério, agora andar aqui aos pedaços é que não, custa muito.


a 27.6.10
Etiquetas: , ,

 

0 comentários: