Vá lá que ainda consegui ir a um dos programas do FITEI, e entrei com um pézinho a tremer - porque estava à espera de não ir gostar nadinha - e sai com os dois aos pulinhos, porque foi muito bom. Epilogos é baseada na obra Crimes Exemplares, de Max Aub um escritor que pelos vistos me passou ao lado enquanto nome, mas que andei a ouvir pinguinhas de historias aqui e acolá durante tempos. Roser Montlló Guberna e Brigitte Seth são perfeitas, sobretudo a mais gordinha - não faço ideia quem é quem no nome - que pelas expressões tantas vezes me fez lembrar uma Meryl Streep. É tudo mais ou menos sem sentido e sempre com o humor negro presente, como assim requerem as historias de Max Aub. Só mete pena os 50 minutos. Quando é bom, quer-se mais tempo, ora.

Epilogos, Confessions sans Importance esteve presente no cartaz do 33º FITEI, no TeCA - encenação e coreografia por Roser Montlló Guberna e Brigitte Seth, produção por Compagnie Toujours après Minuit (França, Espanha).


a 10.6.10
Etiquetas: , , , ,

 

3 comentários:

sacana

eu e a miserável também fomos ao sao joao com medo mas o dies irae foi lindo. das melhores coisas que já vi. pena só ter tido uma aparição.

b'passarinho

oh eu esse não vi. fiquei muito triste porque queria ter ido ver uma serie de coisas do fitei, ainda que achasse este ano um cartaz mesmo pobre... mas pronto, este foi muito lindinho. ri-me tanto, mas tanto com a górdinha ;__;

b'passarinho

oh eu esse não vi. fiquei muito triste porque queria ter ido ver uma serie de coisas do fitei, ainda que achasse este ano um cartaz mesmo pobre... mas pronto, este foi muito lindinho. ri-me tanto, mas tanto com a górdinha ;__;