A cada lágrima que choro, sinto que vomito bocados do meu coração. Isso ou em vez de um coração, nasceu-me um segundo estomâgo. É bem provavel, uma coisa ou outra.


a 26.6.10
Etiquetas: ,

 

0 comentários: