Je suis tombée
amoreuse, foi o seu 
primeiro encontro
com o chão.

Dessa vez partiu
em cacos o coração.
Os ossos só mais tarde, 
um por um,
contra a terra.

C'est fou la vie,
essa derrocada
a que apenas resistem
memória e pássaro,
em voo picado.




"A Queda", poema de Renata Coelho Botelho



a 2.1.13
Etiquetas: , , , ,

 

0 comentários: